Bucha de Micélio – Shitake

 
Sem Estoque
 

R$21,90

A FunGrow! oferece buchas de micélio de cogumelos comestíveis e medicinais, que irão facilitar seu cultivo de cogumelos em toras de madeira. Esses pinos de madeira com ranhuras são esterilizados e completamente colonizados por micélio.

Você estará adquirindo 100 buchas colonizadas com micélio de Shitake (Lentinula edodes). (Instruções detalhadas de cultivo podem ser encontradas na descrição desse produto.

 

Sem Estoque

Descrição

A FunGrow! oferece buchas de micélio de cogumelos comestíveis e medicinais, que irão facilitar seu cultivo de cogumelos em toras de madeira. Esses pinos de madeira com ranhuras são esterilizados e completamente colonizados por micélio, e estão disponíveis em pacotes de 50 unidades. Confira um manual de cultivo detalhado aqui.

Ao utilizar as buchas para inocular os troncos ou tocos de árvores, o micélio é encorajado a crescer e colonizar a madeira. Uma vez que a madeira esteja completamente colonizada (9-12 meses), os cogumelos irão nascer nas ranhuras e rachaduras da madeira. Geralmente, a melhor época do ano para inocular toras e tocos é na primavera, depois da última geada. Entretanto, você pode inocular seus troncos até 30-45 dias antes que o frio do inverno comece a se manifestar. A ideia é permitir que o micélio do cogumelo tenha tempo para se estabelecer na madeira antes que entre em dormência no inverno. As toras podem ser deixadas fora de casa no inverno, embaixo de uma camada de palha, serrapilheira ou pano de saco (não use plástico, pois ele pode gerar mofo). Em áreas onde o inverno é muito severo, as toras podem ser armazenadas em uma garagem ou celeiro.

Você estará adquirindo:

  • 100 buchas de micélio colonizadas e prontas para inoculação

Materiais necessários para cultivar em toras: (Para um guia mais detalhado de cultivo, clique aqui.)

  • Tora de madeira recém cortada
  • Furadeira com broca de 8mm
  • Buchas de micélio da espécie desejada (incluído)
  • Cera de abelhas para selar
  • Cobertura plástica para incubação das toras

Seleção do Substrato
plug_incubation_1Pegue uma tora de madeira de uma árvore recém cortada de pelo menos 10 cm de diâmetro. Ela precisa estar fresca e deve vir de uma planta saudável, pois a tora deve estar completamente não-infectada por fungos no momento da inserção das buchas.

Madeiras macias como o álamo irão ser infectadas por outros fungos muito rapidamente, especialmente no verão ou na primavera, quando a madeira está muito molhada e a temperatura ambiente está elevada. Não deixe as toras sem uso por muito tempo, utilize-as o mais rápido possível. Madeiras mais rígidas como o carvalho e a faia são menos preocupantes e podem permanecer no ambiente externo por mais tempo sem serem inoculadas.

Madeiras que contém muita resina, taninos ou óleos não são adequadas para a inoculação: coníferas e madeiras duras da mata atlântica devem ser evitadas!

Deixe a tora mergulhada em água por 24 horas antes da inoculação, para que ela adquira uma boa quantidade de umidade.

Preparação
Faça furos na tora, espaçados em cerca de 10-15 centímetros. Faça os furos com o mesmo diâmetro das buchas (8mm). A quantidade de furos vai depender do tipo de madeira que você está utilizando e na grossura das toras, além de suas condições de incubação. Para madeiras mais duras, toras mais grossas e temperaturas mais frias, faça os furos menos espaçados entre si.

Inoculação
Insira uma bucha em cada furo. Martele a mesma para que entre completamente no furo. Os furos para as buchas vendidas em nossa loja devem ter 4cm de profundidade. Após a inserção da bucha, passe cera de abelhas em cada furo, vedando a bucha no interior da tora. 

Incubação
Coloque as toras em um saco plástico preto grande, porém não sele o mesmo, amarre levemente. Coloque o saco em um local escuro e quente (cerca de 20°C) até que o micélio tenha colonizado completamente suas toras. O micélio também vai crescer se você colocar as toras no exterior, porém o processo será mais lento, e no inverno o crescimento pode parar completamente. O tempo de incubação depende nas condições de cultivo, raça do cogumelo, tipo de madeira e espessura da tora. A incubação para o Pleurotus sp. (Cogumelos Shimeji), um fungo de crescimento rápido, é de 3 a 6 meses. Para o Lentinula edodes (Shitake) o tempo é de 3 a 6 meses. Os períodos de incubação sãp calculados com base em incubação indoor, e a incubação outdoor será mais longa, pois dependerá das estações.

Frutificação
Coloque as toras no ambiente externo, em um local úmido e com sombra. Um canto sombreado ou pasto alto irá funcionar bem, porém tome cuidado com as lesmas! Seus cogumelos irão surgir quando as condições externas forem adequadas. A imagem demonstra um flush de Shimejis, mas o Shitake também frutifica muito bem. Buchas de Shitake e Shimeji estão disponíveis em nossa loja!

Você também tem a opção de induzir uma frutificação manualmente, dando nas toras um choque térmico: mergulhe-as em água fria por algumas horas, ou, no saco do Shitake, um choque mecânico pode ser realizado, o que significa rolar as toras no chão com o pé. Faça essa operação somente quando a tora estiver completamente colonizada. Ela deve estar completamente marrom (com algumas áreas brancas) e a casca deve estar se soltando facilmente. Se você der o choque mecânico muito cedo, irá produzir menos cogumelos.

Desejamos a você um ótimo cultivo! Para qualquer pergunta, não deixe de entrar em contato:

lojafungrow@gmail.com | Nossa página no Facebook

O cogumelo Shitake talvez seja a melhor escolha quando se trata do cultivo de cogumelos em toras de madeira. O cultivo do cogumelo Shitake em toras de madeira gera uma renda complementar e se encaixa bem no conceito emergente de micopermacultura.

Esse cogumelo também pode ser cultivado em ambientes controlados, se tornando então muito rentável para o produtor. Novas técnicas de cultivo foram desenvolvidas, e hoje, é possível gerar até 5 colheitas de cogumelo por bloco de micélio, o que antes não passava de 2 colheitas utilizando os métodos clássicos de cultivo orientais.

Nome comum: Shitake, Cogumelo Negro, Donku, Pasania

Nome científico: Lentinula edodes

Descrição geral: Chapéu de 5-25 cm de diâmetro, hemisférico, expandindo-se convexamente e eventualmente plano na fase adulta completa. O chapéu é marrom-escuro a negro no início da formação do cogumelo, se tornando marrom mais claro com a idade, ou na desidratação. As bordas do chapéu são regulares ou irregulares, enroladas quando jovem, se tornando rachadas e irregulares com o amadurecimento do cogumelo. Lamelas brancas no começo, se tornando serrilhadas e irregulares e se tornando marrons quando atritadas. Talo fibroso, preso centralmente e excentralmente no chapéu. Se torna marrom quando atritado.

Habitat Natural: Nativo do Japão, Coréia e China. Não natural da América do Norte ou Europa. Com o constante desmatamento do oriente, a genética desse cogumelo aparenta estar ameaçada. Cresce naturalmente em folhas mortas de árvore, particularmente da espécie Castanopsis cuspidataQuercus spp, Pasania spp. e outros carvalhos e faias asiáticos. Embora ocasionalmente encontrado em árvores mortas, o Shitake é um saprófito verdadeiro que somente explora tecido que está morrendo.

Micélio: Micélio branco no começo, se tornando algodoado com a idade, raramente rizomórfico. Com a idade, ou em resposta à danos, o micélio se torna marrom escuro. Algumas raças desenvolvem agregados de hifas – pequenas nódulos algodoados – que podem ou não se tornar cogumelos maduros. O micélio é branco somente no início, se tornando marrom com a idade.

Potencial para colheita: Média de 1 quilo de cogumelos frescos para um quilo de peso seco de substrato.

Conteúdo de água dos cogumelos: 91% água, 9% matéria seca

Parâmetros de cultivo

Meio de cultivo: Grãos, toras de madeira, palhas, folhas mortas

Incubação

  • Umidade relativa: 95-100%
  • Temperatura do substrato: Crescimento acelerado em 21-27ºC. A morte ocorre quando o micélio é mantido em mais de 40ºC por 48 horas.
  • Duração: 33-70 dias para colonização completa
  • CO2: >10.000 PPM
  • Trocas gasosas por hora: 0-1
  • Luz: 50-100 lux

Pinagem

  • Umidade relativa: 95-100%
  • Temperatura do ar: 16 – 21 graus
  • Duração: 5 – 7 dias
  • CO2: Menos de 1000 ppm
  • Trocas gasosas por hora: 4-7
  • Luz: 500-2000 lux em 370-420nm

Frutificação

  • Umidade relativa: 60-80%
  • Temperatura do ar: 21-27ºC
  • Duração: 5-8 dias
  • CO2: Menos que 1000ppm
  • Trocas gasosas por hora: 4-8 por hora
  • Hora da colheita: Logo que o chapéu começa a desenrolar.
  • Intervalo entre colheitas: a cada 2-3 semanas por 8-12 semanas.
  • Luz: a mesma para a pinagem.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Bucha de Micélio – Shitake”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categoria